Bando invade banco e explode caixa em Santa Lucia

Assaltantes invadiram, por volta das 4 horas desta terça-feira, uma agência bancária do Santander, que fica no Centro de Santa Lúcia, próximo a praça central do município. O número de criminosos ainda é incerto, mas a Polícia Militar (PM) já sabe que o grupo estourou a porta de entrada e, em seguida, detonou um explosivo em um dos três caixas eletrônicos. O valor roubado não foi revelado.

Não houve nenhuma testemunha do crime. “Fomos chamados depois da explosão e essa é a segunda vez que tentam levar caixa eletrônico por aqui”, diz o soldado Adenilson Pierina, da PM. O gerente do banco não foi autorizado a dar entrevista, mas a agência dispõe de câmeras de segurança. O material será enviado à polícia. Investigadores da Polícia Civil estiveram por lá e contaram que a quadrilha não conseguiu levar todo o dinheiro e parte das cédulas ficou espalhada pelo chão.

Vidros de todos os lados, a persiana, madeira e outras partes do banco ficaram destruídos. Alguns cacos de vidro foram parar na calçada que fica do outro lado da rua tamanho a força do impacto. Os ladrões fugiram em dois carros, um Gol e uma Montana. A agricultora Nelsa Brigel, de 45 anos, é vizinha do banco e, durante a madrugada, acordou com o barulho da explosão e sentiu a casa tremer. Ela ouviu a correria e um dos assaltantes falando: “vamos mano, vamos”. Com medo, ficou dentro de casa e só saiu pela manhã com a chegada dos policiais.

A agência foi isolada para que fosse feita a perícia. Aposentado Renato Gonçalves da Silva, 68, usa o serviço bancário desde 1990 e nunca tinha visto nada parecido. Ele estava na porta para sacar a aposentadoria, mas teve que esperar o trabalho policial. “Fiquei assustado porque nunca vi nada parecido.” Mesma reação teve o também aposentado Roberto Sicone, 52, que usa a agência há doze anos. “Moro a vida toda aqui em Santa Lúcia e nunca vi nada assim. Dá medo na gente.”

De novo

Com pouco mais de oiti mil habitantes, Santa Lúcia já foi alvo de uma ação semelhante neste ano. No dia 8 de março, ao menos dez assaltantes armados invadiram o Pronto-Socorro (PS) e renderam funcionários com a intenção de carregar um caixa eletrônico dentro de um van. A ação foi frustrada após denúncia feita à polícia. A van placas de São Paulo foi abandonada. Ninguém foi preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *