Araraquara é escolhida como subsede da Copa de 2014

A definição do município foi anunciada nesta quarta-feira, durante um encontro com representantes do comitê e do Governo do Estado, no museu do futebol do Pacaembu, em São Paulo. Por estar na seleta lista, Araraquara estará incluída em um pacotão de investimentos porque as seleções de outros países teriam manifestado interesse em ficar por aqui.

Foram 340 centros de treinamento inscritos de 181 municípios. Desses, a Fifa escolheu 12 sedes e 32 subsedes, entre elas, Araraquara.

Passamos na frente de grandes cidades e isso é muito importante. É uma conquista regional e tenho certeza que o legado que essa conquista vai trazer é imenso. Porque, agora, estamos no book (livro) oficial da Fifa”, diz Eneida Miranda, coordenadora executiva de comércio, turismo e serviços da Prefeitura de Araraquara.

A partir de setembro as seleções vão poder escolher os espaços para treinar.

Não tínhamos divulgada nada antes, mas representantes da Arábia Saudita e Portugal estão interessados em Araraquara e já vieram nos visitar. Gente do Japão também nos pediu uma carta oficial. Agora, como estamos oficialmente na lista vamos correr o mundo atrás de outras seleções interessadas”, conta o prefeito Marcelo Barbieri, em meio a movimentação do anúncio da Fifa.

Para Eneida Miranda, Araraquara foi escolhida devido a localização geográfica e também pelo complexo envolvendo a Arena da Fonte, o Centro de Treinamento do Pinheirinho e um hotel, no caso, o Confort In.

“Só poderia entrar a cidade que tivesse as duas exigências e foram mais de 100 itens avaliados. Isso mostra que a Copa não vai acontecer só nos pontos de jogos e sim em todos os cantos. Popularizando esporte e trazendo um legado em infra-estrutura. Tudo que for montado fica para a cidade depois.”

Araraquara é a única cidade da região central. “Atingimos as metas estabelecidas mesmo contra muita gente pessimista que não acreditava nessa conquista”, alfineta Barbieri. Segundo ele, durante o evento, o governador Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou a liberação de R$ 300 milhões para as cidades selecionadas. “Não sei quanto virá para Araraquara, mas vamos melhor o Centro de Treinamento para aumentar a nossa estrutura.”

Além disso, de acordo com o prefeito, o governador prometeu agilizar as obras do aeroporto de Araraquara para aumentar as chances da cidade na disputa. “Vamos nos reunir com ele para pedir um investimento para fazer a obra do contorno da Marginal das Cruzes que vai propiciar um acesso mais rápido aos pontos de treinamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *