Terça-feira, 22 de Outubro de 2019
Início / Notícias / Policial
Fonte:
8 de abril de 2014
Preso 'maníaco das redes sociais' que abusou de criança de 10 anos, gravou e divulgou imagens
Postado por Lenix Barbosa

 Um trabalho conjunto desenvolvido entre integrantes do Terceiro Pelotão da Polícia Militar de Mundo Novo e autoridades paraguaias do Departamento de Canendeyù possibilitou a prisão na tarde de sexta-feira (04), dentro do território paraguaio, de um homem de 26 anos, acusado da prática de abuso sexual contra uma garota de 10 anos de idade, na cidade mato-grossense de Aripuanã.

Conhecido como “maníaco das redes sociais”, Maicon Rodrigo de Souza Layter, juntamente com o tio da menina, que foi capturado em 2013, na cidade de Tangará da Serra (MT), mantido relações sexuais com a menina e filmado os abusos. O fato ocorrido em 2010 gerou revolta na população daquela região, que diante da monstruosidade, clamava por justiça.

Maicon, que é originário de Marechal Cândido Rondon (PR), onde também possui mandado de prisão, por motivos ainda não esclarecidos, passou a residir no Paraguai, porém, teve sua foto divulgada em redes sociais do Brasil, que foi compartilhada por milhares de usuários, que queriam vê-lo pagar por seus delitos.

Há cerca de três meses, um Sargento da Polícia Militar de Mundo Novo, foi informado por um amigo, que o foragido estava trabalhando na construção de um motel na cidade paraguaia de Salto Del Guairá. O Militar fez contanto com integrantes da Polícia Nacional Paraguai, que passou a investigá-lo.

Os paraguaios descobriram que o acusado havia se mudado para La Paloma e após varias tentativas de localizá-lo, logram êxito na sexta-feira. Quando percebeu a presença dos policiais o acusado tentou fugir, porém, após duas quadras de perseguição foi capturado.

Após a tramitação da documentação relacionada à sua expulsão do Paraguai, serviço que envolveu o Setor de Investigações de Delitos da Polícia Paraguaia, Ministério Público daquele País e setor de Imigração do Paraguaia, ele foi entregue a uma equipe do Terceiro Pelotão da Polícia Militar de Mundo Novo no Posto Fiscal Leão da Fronteira, situado no lado sul-mato-grossense da divisa.

Ele então foi conduzido para a Cadeia Pública de Mundo Novo, de onde aguarda o pronunciamento da justiça a respeito de sua situação.

 

Nilson Silva

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados