Domingo, 22 de Julho de 2018
Início / Notícias / Política
Fonte:
21 de janeiro de 2014
André impulsiona economia de Maracaju
Postado por Lenix Barbosa

 Instalações de grandes indústrias - atraídas por incentivos fiscais do Governo do Estado – e realização de importantes obras viárias impulsionaram a economia de Maracaju. O município é a quinta melhor economia de Mato Grosso do Sul e conta com uma das melhores logísticas para o escoamento da produção agrícola. Situado a 157 quilômetros de Campo Grande e com uma população estimada em 30 mil habitantes, nos últimos dois anos Maracaju recebeu investimentos milionários, envolvendo tanto obras públicas, como instalação de novas indústrias.

Desde que assumiu o governo André Puccinelli, apostou no crescimento econômico do Estado por meio do setor de agronegócios e na instalação de novas indústrias, iniciou uma série de contatos com grupos empresariais do Brasil e de outros países, para atrair novos investimentos em Mato Grosso do Sul.

Maracaju foi um dos principais municípios beneficiadas com este direcionamento. Com visão futurista voltada ao crescimento do consumo internacional do biocombustível, o governador priorizou investimentos nessa área visando transformar o Estado em referência nacional na produção de etanol.

A ligação de Maracaju com o Porto de Paranaguá, por meio da Ferroeste, graças às gestões iniciadas por Puccinelli, deverá ser o grande marco deste governo na região.  Esse desenvolvimento econômico vem sendo acompanhado de investimentos na área de educação, habitação, assistência social, segurança pública e saneamento básico. Todos estes investimentos estão gerando milhares de empregos no município.

Obras Viárias

O Governo do Estado investiu aproximadamente R$ 29 milhões somente em obras viárias. Os investimentos impulsionaram a economia do município, garantindo estrutura ideal para escoamento da produção agrícola. Com isto, a região, com suas terras produtivas, está atraindo grandes indústrias ligadas ao negócio dos biocombustíveis.

Uma das primeiras intervenções do governo André no município foi a construção do anel viário, interligando a BR-267 até a MS-162, numa extensão de 4 quilômetros. A obra custou R$ 4,6 milhões e está garantindo maior segurança no trânsito do município, desviando todo o tráfego pesado da área urbana.

Paralelamente, o governo recuperou a pavimentação da rodovia MS-164, compreendendo uma extensão de aproximadamente 17 quilômetros. O trecho recuperado vai do Distrito de Vista Alegre até o entrocamento da BR-262 e representou um investimento de R$ 2,6 milhões.

Neste contexto, a obra mais importante é a pavimentação de outros 31 quilômetros da rodovia MS-164, até o entrocamento com a MS-270, um investimento de 21,9 milhões, garantindo uma nova opção viária até Ponta Porã.   

“Passei por esta estrada há oito anos e sabia da dificuldade dos moradores e produtores da região. É muito gratificante entregar uma obra que ficou inacabada e que era desejo coletivo. E que agora o progresso tenha passagem livre pelo distrito de Vista Alegre”, disse Puccinelli em sua passagem pela região, no último fim de semana.

Pólo de Desenvolvimento

O prefeito de Maracaju, Celso Vargas, afirma que a cidade se transformará num grande pólo de desenvolvido do Estado. Ele ressaltou que o fato de o município contar com matéria-prima, somada às obras viárias realizadas pelo Estado e o projeto da Ferroeste, dará à região uma das melhores logísticas de Mato Grosso do Sul para escoamento da produção a outros estados e países.

A obra do anel viário e a pavimentação da MS-164, na região do Distrito de Vista Alegre, segundo o prefeito, são projetos que garantiram um salto de desenvolvimento para Maracaju. "Hoje, o asfalto do centro da nossa cidade encontra-se todo deteriorado, porque ruas eram a única opção viária para caminhões e carretas. Com o anel viário, além de um trânsito seguro, poderemos realizar parceria com o Governo do Estado para recuperar o asfalto da área urbana", informou o prefeito.

Grandes empreendimentos

Com as obras viárias realizadas pelo Governo somadas ao anúncio do projeto da Ferroeste, que ligará Maracaju até o Porto de Paranaguá (PR), os grandes empresários estão apostando ainda mais na região, devido a facilidade de escoamento para atender o mercado internacional. Para as autoridades e empresários locais a soma desta logística com as terras férteis do município, está transformando a região numa espécie de “mina de ouro”. Quatro grandes grupos empresariais, ligados a produção de açúcar, álcool e energia, estão de olho no progresso do município, prevendo-se investimentos de R$ 1,8 bilhão e geração de mais de 13 mil empregos diretos e indiretos.

Um exemplo do interesse de grandes empresários pela região é o Grupo Tonon, que investiu R$ 400 milhões na construção da Usina Vista Alegre, responsável em gerar 1,2 mil empregos diretos e 4 mil indiretos. A indústria está produzindo açúcar, álcool e energia, com meta de beneficiar três milhões de toneladas de cana de açúcar.

O gerente industrial Antonio Cesar Elias Garcia informa que a Usina Vista Alegre investiu em modernas tecnologias, envolvendo o parque industrial e o processo de plantio e colheita, que segundo ele, é 100% mecanizada. Como exemplo de investimento, ele ressaltou a instalação de uma caldeira de alta eficiência, que custou R$ 30 milhões.

“Para se ter idéia da tecnologia que estamos empregando, todo o processo de produção é automatizado, toda operação é centralizada em uma sala, por meio de computadores”, informou.

A Usina Vista Alegre foi projetada para produzir 1.100 metros cúbicos de álcool/dia, 1.350 toneladas de açúcar/dia e 65 megawatts de energia, sendo que 35% é utilizada pelo parque industrial e o restante é comercializado para cidades da região.

A empresa ressalta que para concretizar seus investimentos, o apoio do Governo do Estado foi fundamental, ao executar obras viárias para facilitar o escoamento de toda a produção. Antonio Cesar ressaltau que o grupo Tonon escolheu Maracaju atraído pela qualidade da terra para o cultivo da matéria-prima e da logística favorável.

 

 

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados