Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018
Início / Notícias / Geral
Fonte:
12 de janeiro de 2018
Insolação e desidratação: veja quais cuidados tomar
Quando ficamos muito tempo em um calor forte, como praia com sol quente, a temperatura do nosso corpo sobe, os poros se abrem e começamos a suar.
Postado por Jessica Silva

 

O sol é importante para a vida. É ele que nos ajuda a produzir a vitamina D, que é muito importante para os nossos ossos, por exemplo. Mas tudo na vida deve ser apreciado com moderação. Com o sol não é diferente. Não dá para ir para a praia, piscina, cachoeira e ficar “torrando” no sol! Isso pode estragar as férias e ainda provocar uma insolação. Para falar sobre o assunto, o Bem Estar convidou duas consultoras: a dermatologista Márcia Purceli e a pediatra Ana Escobar.

Quando ficamos muito tempo em um calor forte, como praia com sol quente, a temperatura do nosso corpo sobe, os poros se abrem e começamos a suar. A insolação é quando o corpo esquenta muito e esse mecanismo não dá conta de abaixar a temperatura. Alguns sintomas da insolação são:

 

  • Tontura e sensação de desmaio
  • Náusea e vômito
  • Tremores
  • Febre

 

 
 
 
 

Especialista dá dicas para evitar a insolação. Foto: Divulgação

Geralmente, a insolação é consequência da exposição solar excessiva. Por isso, é muito importante tomar bastante líquido, preferencialmente gelado. A recomendação clássica é o protetor solar, (mesmo embaixo do guarda-sol), evitar tomar sol durante o horário de pico e ficar atento a qualquer um dos sintomas.

A insolação também pode levar a desidratação. Os sintomas são:

 

  • Mal-estar
  • Tontura
  • Vômito
  • Boca seca
  • Xixi mais concentrado
  • Pele seca

 

Para prevenir, é importante tomar bastante líquido, como água, água de coco, sucos naturais. Vale lembrar que a bebida alcoólica faz perder mais água porque é diurética. Por isso, sempre intercale a alcoólica com água.

Queimaduras

A queimadura é um processo inflamatório intenso. A epiderme foi danificada, foi morta precocemente e por isso descasca. A de primeiro grau é aquela que a pele fica vermelha, quente e ardida.

O que pode aliviar a ardência? Compressas de chá de camomila em temperatura ambiente, água termal e uso de cremes ou loções hidratantes.

Já a queimadura de segundo grau é quando tem bolhas. Se ela não estiver doendo, não mexa! Ela só deve ser estourada quando está muito cheia de líquido e doendo. O tratamento para aliviar a ardência é igual ao da queimadura de primeiro grau.

G1

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados