Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Início / Notícias / Educação
Fonte:
7 de dezembro de 2017
Gestão do Agronegócio e Agronomia são as opções de graduação do IFMS em Ponta Porã
Para 2018, IFMS ofertará 40 vagas para cada curso superior oferecido em Ponta Porã. Ingresso será por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Postado por Jessica Silva

 

Para ingresso no primeiro semestre de 2018, o Campus Ponta Porã do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) abrirá 40 vagas para o bacharelado em Agronomia e outras 40 para o curso superior de tecnologia em Gestão do Agronegócio.

O edital de abertura do processo seletivo deverá ser publicado este mês, no endereço www.ifms.edu.br/centraldeselecao. O ingresso será feito por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para candidatos que prestaram o último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A previsão é que as inscrições tenham início em janeiro.

Gestão do Agronegócio foi o primeiro curso superior do campus, iniciando as atividades em 2011. Atualmente, possui conceito 4 na avaliação do Ministério da Educação (MEC), em uma escala que vai de 1 a 5. A graduação tem aulas no período noturno e duração de três anos e meio.

O curso forma profissionais voltados ao desenvolvimento de negócios na agropecuária, habilitados a aprimorar os processos gerenciais das organizações rurais, do comércio e das indústrias do setor.

O tecnólogo pode atuar em empresas agropecuárias - seja de comercialização de insumos, distribuição de produtos do agronegócio, planejamento - e ainda no desenvolvimento de projetos, assessoramento técnico e consultoria. Organizações não governamentais, órgãos públicos e instituições de ensino também estão entre os empregadores.

Agronomia - O bacharelado foi o segundo curso superior do campus, sendo que a primeira turma foi aberta em 2015. Com aulas de manhã e à tarde, a graduação tem duração de cinco anos.

Voltado à formação de profissionais para atuação em todos os segmentos das cadeias produtivas do agronegócio, o curso habilita seus concluintes a projetar, coordenar, analisar, fiscalizar, assessorar, supervisionar e especificar projetos agroindustriais e do agronegócio.

O engenheiro agrônomo formado pelo IFMS também está apto a realizar vistorias, perícias, avaliações, laudos e pareceres técnicos, além de produzir, conservar e comercializar alimentos, fibras e outros produtos agropecuários.

Ambos cursos estão relacionados à pecuária e agricultura, atividades econômicas desenvolvidas na Região Sul do Estado. “As graduações atendem à demanda de profissionais nessas áreas, uma vez que o agronegócio é preponderante para a região de fronteira com o Paraguai, sendo responsável por grande parte da mão de obra gerada por aqui”, explicou a diretora de Ensino do Campus Ponta Porã, Carolina Rodrigues.

Especificamente na área da agricultura, a região se destaca no cultivo de soja, trigo, milho e cana-de-açúcar, e também na extração da erva-mate.

 

Graduação no IFMS – Serão ofertadas mil vagas na graduação para o primeiro semestre de 2018. A oferta é 33% maior em comparação ao ano anterior, quando a instituição abriu 750 vagas para cursos superiores.

Serão oferecidas nove opções de cursos superiores de tecnologia, cinco de bacharelado e duas licenciaturas com vagas em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

 

Ascom/IFMS

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados