Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Início / Notícias / Policial
Fonte:
5 de dezembro de 2017
Foto da ex beijando outro deixou suspeito com raiva, diz polícia sobre atentado passional em MS
Postado por Jessica Silva

 

Samu e bombeiros socorrem baleados em empresa de Campo Grande, MS (Foto: Graziela Rezende/ TV Morena)

 

Suspeito de um atentado passional em uma empresa de serviços funerários, há quatro dias, em Campo Grande, o jovem de 24 anos se apresentou na delegacia, acompanhado do advogado e confessou o crime. Separado há seis meses da ex-mulher, ele alega ter descoberto uma traição durante o casamento. No entanto, teria sido uma foto no facebook a motivação de raiva e planejamento do crime, conforme a polícia.

"Ele alegou que foi casado por quatro anos com a ex e possuem um filho juntos. Ao descobrir a traição, o suspeito procurou saber quem era a pessoa. Logo após a separação, ele viu postagens no facebook da ex e do atual dele se beijando na boca, sendo que o filho do casal também estava na foto. Foi aí que ele ficou com muita raiva e falou que mataria a vítima", afirmou ao G1 o delegado Valmir Moura Fé, responsável pelas investigações.

Ao identificar que a vítima também trabalhava com a ex, o suspeito comprou por R$ 800 uma arma no bairro Portal Caiobá. "Ele falou que o estopim de tudo foi a foto e então foi ao local, quando aconteceu toda a tragédia, ferindo a vítima, o cliente que tentou ajudar na confusão. Ele foi indiciado por tripla tentativa de homicídio, já que tentou atingir a ex também. Após o crime, o suspeito afirmou ter jogado a arma nas proximidades do parque Ayrton Senna", explicou o delegado.

O suspeito não possuía antecedentes. Ele responde ao crime em liberdade.

 
Vidro da fachada da empresa, em Campo Grande, MS, também foi atingido (Foto: Graziela Rezende/ TV Morena) Vidro da fachada da empresa, em Campo Grande, MS, também foi atingido (Foto: Graziela Rezende/ TV Morena)

Vidro da fachada da empresa, em Campo Grande, MS, também foi atingido (Foto: Graziela Rezende/ TV Morena)

 

Entenda o caso

 

Dois homens foram baleados na última sexta (1º), em uma empresa de serviços funerários localizada na Vila Bandeirantes. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a vítima de 25 anos chegava para trabalhar com a companheira, de 24 anos, quando o suspeito se aproximou e atirou.

"Os funcionários chegavam quando o suspeito surpreendeu eles na escada. A ex dele estava muito nervosa, chorando. Ela ressaltou que nunca tinha recebido nenhuma ameaça dele", fala ao G1 o sargento do 1º Batalhão da PM, Marcos Ambrósio.

O rapaz foi atingido no tórax. Um cliente, de 56 anos, também foi baleado. Ele foi ferido no braço direito. Vidro da fachada da empresa foi atingido. Conforme a PM, foram pelo menos quatro tiros e havia muito sangue onde estavam as vítimas.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Santa Casa, a vítima de 25 anos, que é namorado da ex do suspeito, continua no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Ele, no entanto, está consciente e a sedação foi retirada. Já o cliente de 56 anos, que foi ferido durante a confusão, continua internado e se recupera da cirurgia no pulso. Ele permanece estável.

G1 MS

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados