Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Início / Notícias / Justiça
Fonte:
5 de dezembro de 2017
Justiça mantém preso homem acusado de espancar homossexual até a morte
Postado por Jessica Silva


 

Foto: Sheila Forato

A Justiça converteu em preventiva a prisão em flagrante do trabalhador rural Nicanor Sebastião do Nascimento, de 48 anos, suspeito de ter espancado até a morte Reinaldo Dias, de 49 anos, no bairro Primeiro de Maio, em Coxim.

Ele segue preso no Estabelecimento Penal Masculino de Coxim, respondendo pelo crime de homicídio qualificado, conforme a delegada titular, Silvia Elaine Girardi Menck.

O crime aconteceu no último dia 29, numa obra do suspeito. Dias foi espancado até morrer. Os golpes foram tão fortes que sua cabeça abriu ao ponto de expor massa encefálica. Além disso, a perícia encontrou um corte no pescoço.

Em poucas horas o trabalho do SIG (Serviços de Investigação Geral) chegou ao suspeito do crime. Os delegados ouviram cerca de 10 pessoas, principalmente da família do suspeito. Até ser preso, Nascimento era tratado apenas como comunicante do crime, pois foi ele quem acionou a Polícia Militar.

Segundo a delegada, ele contou a pelo menos duas pessoas da família que teria matado um homem. a motivação do crime ainda não foi revelada, mas a pol´ciia não acredita que eles tenham se desentendido durante bebedeira. Nascimento tem um histórico agressivo, de acordo com a polícia, inclusive desperta medo em suas mulheres e filhos.

Apesar de todos os indícios, o suspeito nega a autoria do crime. Ele já foi cantor sertanejo de sucesso em Coxim. Com o nome de Rickson, Nascimento fazia dupla com Wanderley. Eles chegaram a desbancar João Bosco e Vinícius em festivais, mas acabaram se desentendendo e se separaram antes do sucesso romper as os limites do município de Coxim.

 

 

Edição MS

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados