Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
Início / Notícias / Acidente
Fonte:
27 de setembro de 2017
Necropsia aponta que trabalhador rural morreu por asfixia mecânica
Postado por Jessica Silva


 

Foto: Alisson Silva

Na necropsia feita na manhã desta terça-feira (26), no IML (Instituto Médico Legal) de Coxim, apontou que Gisley de Almeida, de 31 anos, o Lombriga, morreu por asfixia mecânica.

 

Segundo a necropsia, com a queda quebrou a proeminência laríngea, mais conhecido como osso do gogó, impedindo a passagem do ar pela traqueia.

 

Neste caso, Lombriga só seria salvo se fosse socorrido logo após a queda com uma traqueostomia. A traqueostomia é uma intervenção que consiste na abertura de um orifício na traqueia e na colocação de uma cânula para a passagem de ar.

 

De acordo com a perícia, a suspeita inicial era de que a vítima teria quebrado o pescoço ao cair da motocicleta Honda Fan, com placas de Coxim. O acidente aconteceu nesta segunda-feira, na zona rural, a aproximadamente 35 quilometros da cidade.

 

Lombriga foi encontrado por volta das 20 horas, por um funcionário da fazenda. A vítima teria ido à fazenda levar uma documentação, pois estava de licença médica devido a uma cirurgia no braço, feita a mais ou menos 30 dias. Durante o trajeto de volta ele perdeu o controle e caiu.

 

Edição MS 

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados