Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
Início / Notícias / Política
Fonte:
29 de março de 2017
Governador Reinaldo Azambuja cumpre agenda em Três Lagoas nesta quarta-feira
Autorização para construção do HR de Três Lagoas e Caravana FCO são destaques de Reinaldo na Costa Leste
Postado por Jessica Silva

 

Foto: Chico Ribeiro

O governador Reinaldo Azambuja visita Três Lagoas nesta quarta-feira (29) para assinar ordem de serviço de início das obras do Hospital Regional e entregar investimentos na cidade. Durante a agenda de trabalho na Costa Leste, o chefe do Executivo de Mato Grosso do Sul também participará da 3ª Feira da Cadeia Produtiva da Indústria Brasileira de Árvores (Três Lagoas Florestal) e da abertura da Caravana do FCO Três Lagoas. Todos as agendas serão realizadas na Arena Mix, localizada na BR-262, Jardim Angélica.

O primeiro compromisso público de Reinaldo será às 14h na abertura da palestra da Caravana FCO, apresentação das linhas de Financiamento do Centro-Oeste. O governador falará sobre o panorama do setor florestal no Estado e as oportunidades de investimentos. Na sequência, às 15h, ele irá visitar os estandes do Três Lagoas Florestal, feira que reúne profissionais do setor florestal de todo o continente para debater tendências sobre as carreiras florestais e lançar de máquinas, equipamentos e serviços do setor.

Às 16h o governador irá assinar a ordem de serviço para construção do Hospital Regional e entregar dois investimentos, uma van para a Saúde e uma patrulha mecanizada para a Agricultura Familiar. A Van Renault Master é fruto de emenda parlamentar do deputado Eduardo Rocha e vai atender o Sistema Único de Saúde do município. Já a patrulha mecanizada será entregue para apoio à Agricultura Familiar, em ação voltada ao incremento da produção local. Composta de um trator agrícola 4X4, potência de 85 CV; uma grade aradora; uma grade niveladora; um roto encanteirador; um distribuidor de calcário e uma pá carregadeira, a patrulha mecanizada foi adquirida por meio de emenda do então deputado federal Reinaldo Azambuja e do então senador Ruben Figueiró – convênio Sudeco e Agraer/MS. O equipamento está avaliado em R$ 161,2 mil.

Hospital Regional

Parte integrante do projeto de regionalização da saúde em Mato Grosso do Sul, o Hospital Regional de Três Lagoas, começa a ser construído nesta quarta-feira (29), a partir da assinatura da ordem de serviço pelo governador Reinaldo Azambuja. A obra inicialmente orçada em R$ 68,4 milhões foi contratada por R$ 56,4 milhões, a cargo da empresa Sial Construções Civis.

Com prazo de conclusão de dois anos, o novo hospital será instalado em uma área de mais de 26 mil m², no Distrito Industrial (Rodovia BR-158), doada pelo empresário Magid Thomé Filho à Prefeitura de Três Lagoas. Ao todo, serão 19,4 mil m² de área construída com 138 leitos distribuídos em três pavimentos.

 

Obra inacabada zero – O Hospital Regional de Três Lagoas, que será referência em saúde para a Costa Leste e em ensino para alunos do curso de medicina da UFMS, integra o conjunto de mais de 200 obras inacabadas no Estado. A construção da unidade deveria ter sido iniciada em 2014, mas a empresa contratada na época desistiu do empreendimento, o que levou a uma adequação do projeto e abertura de novo processo licitatório.

Para as alunas do 3º período do curso de Medicina da UFMS em Três Lagoas, Lorena Batista, 19 anos, e Ana Carolina Gomes, 23, a expectativa de um hospital que atenda os alunos do curso é de melhor qualidade na formação profissional das turmas. “É importante para o curso, pois uma vivência de trabalho em hospital é bem melhor do que em laboratórios da universidade ou em unidades básicas de saúde”, falou Lorena.

Mais investimentos em Três Lagoas

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul está investindo R$ 80 milhões de recursos próprios em obras em Três Lagoas. São R$ 56,4 milhões na construção do Hospital Regional; R$ 614,2 mil na recuperação do prédio da Unei; R$ 2,5 milhões na pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais nos bairros Jardim Campo Novo, Carandá, Santa Lúcia, Acácia e Vila Verde; R$ 2 milhões na recuperação funcional do asfalto da Avenida Capitão Olinto Mancini; e mais de R$ 19 milhões em obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário (que ainda contam com aporte de R$ 43 milhões da União, totalizando mais de R$ 62 milhões em investimentos na área).

 

Na região central da cidade, as máquinas que trabalham no recapeamento da Avenida Capitão Olinto Mancini animam os comerciantes. “Há mais de 27 anos que só passava o tapa-buracos, o que não funcionava. Agora com essa obra vemos que a qualidade do asfalto é melhor e não dará mais buraqueiras”, disse Paulo Eduardo Esteves, 54, empresário da área de pet shop. Com a modernização da avenida ele ganhou até ânimo para reformar a fachada da loja. Outro comerciante do local, Fabiano Mendes, 37, acredita que a movimentação na região irá aumentar, o que pode refletir nos ganhos do comércio. “Depois de pronta a avenida, as pessoas vão passar mais por aqui, que é a entrada da cidade”, opinou. A expectativa do Governo do Estado é terminar a obra no próximo mês.

 

Bruno Chaves – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

 

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados