Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
Início / Notícias / NOVELAS
Fonte:
26 de setembro de 2016
Em "Velho Chico": Martim descobre que está morto e fica atordoado
Postado por Jessica Silva

 

Lee Taylor (Martim) em cena de Velho Chico; personagem lembrará que foi assassinado - Reprodução/TV Globo

Lee Taylor (Martim) em cena de Velho Chico; personagem lembrará que foi assassinado. REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O espírito de Martim (Lee Taylor) vagará pelo rio São Francisco antes de descobrir que foi assassinado. Na última semana de Velho Chico, o filho de Afrânio (Antonio Fagundes) estará a bordo do barco fantasma Gaiola Encantado e ficará atordoado ao perceber que não sobreviveu à perseguição de Carlos Eduardo (Marcelo Serrado).

No capítulo desta segunda-feira (26), Martim estará na embarcação e pedirá ao capitão Eugênio (Severino Dacelino) para voltar e contar o que descobriu sobre o ex-deputado. O espírito, então, dará a notícia. "Num tem caminho de volta. Essa viagem que tâmo fazêno é só de ida! Aqui termina sua jornada e aqui se cumpre seu destino!", dirá. "Eu morri!? Eu não posso ter morrido. Eu estou vivo, Eugênio, o senhor também está", rebaterá Martim, atordoado.

O filho de Afrânio receberá ajuda do capitão para se lembrar do que aconteceu antes de chegar ao barco fantasma. "Martim lembra-se de ver Carlos Eduardo subir a mira para ele depois do acidente na ribanceira. E só então, pela primeira vez, ouve o som dos disparos contra ele. Parece sentir o corpo arder com os tiros e cair nas águas do rio, o sangue manchando as águas", diz a descrição da cena no roteiro entregue aos atores.

"Por muito tempo procuraram seu corpo pelo rio. Seus amigos, sua família, todos foram aceitando aos poucos, do jeito que podiam, que você num tava morto, mas tinha partido. Todos, menos seu pai", explicará Eugênio. "Foi o único que não conseguiu se despedir", completará.

Comovido, Martim pedirá para voltar e se despedir do pai. "Eu tenho muito o que falar pra ele. Eu tenho que dizer...", falará ele. "E você vai, mas, como você mesmo disse: nem tudo é do jeito que a gente quer! Sua missão com ele ainda vai se cumprir, tenho fé nisso", ponderará o capitão.

Martim se dará conta de que todas as pessoas que estavam no navio eram espíritos e começará a entender que sua jornada para proteger o rio São Francisco terá que continuar de outra forma. "Dotô levou a vida pra chegar aqui porque sabia que era aqui que ia terminá o que começou!", dirá Eugênio.

"Seu destino é lutar por esse rio! A vida não se acaba quando termina", completará. "Eu morri e esse rio vai morrer também", rebaterá Martim. "Velho Chico é guerreiro, dotô! E rio que nasce guerreiro não desiste sem lutar!", falará o barqueiro.

Em seguida, Martim seguirá a ordem de Eugênio e descerá do barco. "Martim desembarca e mira o Gaiola Encantado soar o apito e fazer as pás girarem outra vez. Mira o farol adiante e tudo ao redor. É sua última parada", diz o roteiro.

UOL

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados