Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017
Início / Notícias / NOVELAS
Fonte:
9 de setembro de 2016
Em "Velho Chico": Após sumiço de Martim, Afrânio atira na cabeça de Carlos
Postado por Jessica Silva

 Antonio Fagundes (Afrânio) em cena de Velho Chico, novela das nove da Globo - Inácio Moraes/TV Globo

Antonio Fagundes (Afrânio) em cena de Velho Chico, novela das nove da Globo. INÁCIO MORAES/TV GLOBO

Afrânio (Antonio Fagundes) ficará transtornado com o sumiço de Martim (Lee Taylor) e partirá para a briga com Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) nos próximos capítulos de Velho Chico. O coronel dará uma coronhada e atirará na cabeça do genro, mas o tiro passará de raspão, e o político tentará convencer o sogro de que não tem culpa pelo desaparecimento do fotógrafo.

Carlos matará Martim após descobrir que ele fez fotos que o incriminam, e o corpo do fotógrafo ficará desaparecido. Santo (Domingos Montagner) comunicará o sumiço ao coronel, que, revoltado, enfrentará o genro. Ao encontrá-lo, Afrânio dará um tiro para o alto e acertará uma coronhada no vilão. Carlos mentirá dizendo que não sabe o paradeiro de Martim, mas o pai de Tereza (Camila Pitanga) seguirá com a acusação.

"Você atirou em Santo. Não quero nem pensar que você fez o mesmo com meu filho!", disparará. "Não atirei em Martim, pelo amor de Deus. Ele pode ser um maluco, mas Martim e eu somos quase como irmãos!", rebaterá o político.

Afrânio apontará a arma para Carlos e apertará o gatilho, mas o tiro passará perto da cabeça de Carlos, sem acertá-lo. "Meu Deus! O senhor enlouqueceu? O que é isso?", indagará ele, apavorado. O coronel mostrará ao genro as fotos que e o incriminam e que foram encontradas por Santo, mas Carlos continuará negando a culpa pelo sumiço do cunhado.

"Quem lhe disse que foi Martim que fotografou? Foi ele que lhe mandou? Foi ele quem disse? Essa foto pode ter sido tirada por qualquer um, coronel", justificará Carlos. Afrânio apontará a arma mais uma vez para o vilão, que resolverá desafiá-lo.

"O senhor não vai atirar. O senhor não é um assassino, coronel. Eu lhe conheço, o senhor se conhece. Se algo aconteceu a Martim, não fui eu! Isso foi intriga, querem destruir nossa relação, o senhor não vê? O senhor pode até me matar, mas não vai me fazer falar o que não sei", disparará Carlos. "Vou procurar Martim até encontrar. E, se não encontrar, volto aqui para lhe matar! Vai ser a única morte que vou carregar nas costas. Só que dessa eu não vou me arrepender!", ameaçará o coronel.

UOL

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados