Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
Início / Notícias / Agronegócios
Fonte:
12 de setembro de 2015
Alimentação balanceada reduz custos na criação de bovinos
Postado por Leni Barbosa

 

Senar/MS oferece curso de manejo nutricional de bovinos em Anastácio entre 15 e 17 de abril

A alimentação balanceada na criação de bovinos, com utilização de outros compostos alimentares além de grãos, permite ao produtor aumentar a produtividade sem elevar ou até mesmo reduzindo custos. A afirmação e do veterinário e instrutor do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso do Sul, Manoel Francisco da Silva Fernandes, que ministra no município de Anastácio o curso sobre manejo nutricional de bovinos, dos dias 15 a 17 de abril.

A exemplo do sistema de produção de leite, em que a alimentação do rebanho representa até 70% do custo total da criação das vacas em lactação, este percentual pode diminuir significativamente com o manejo nutricional adequado. Segundo o instrutor, o equilíbrio nutricional deve ser praticado a partir do conhecimento fisiológico do animal. “A dieta deve existir nas duas etapas, volumoso e concentrado, pois através deste balanceamento o produtor rural estabelece uma base de criação mais rentável que pode proporcionar maiores lucros, devido à economia de gasto com grãos, e também maior produtividade de leite, carne e reprodução”, afirma.

O curso capacita sobre a importância do manejo nutricional, a partir do conhecimento fisiológico do animal que está estritamente relacionado às consequências produtivas e econômicas. “O produtor precisa entender o porquê  da importância de uma boa nutrição e como funcionam alguns conceitos na prática”, destaca Fernandes. A falta do conhecimento da fisiologia e alimentação não balanceada podem provocar doenças metabólicas e até intoxicar o animal, prejudicando sua saúde e produtividade.

De acordo com Fernandes, a prática de um manejo nutricional adequado é possível para o pequeno produtor. “A intenção é orientar na utilização de todos os alimentos que fazem parte da dieta bovina, de maneira equilibrada e barata. O aproveitamento maior desses alimentos por parte do produtor estimula também o barateamento da ração.”

O curso Manejo Nutricional de Bovinos possui duração de 24 horas e aborda noções do aparelho digestivo do animal, alimentos volumosos e concentrados, cálculos de plantio e fornecimento, suplementação de minerais e vitaminas e também estratégias de alimentação por categoria animal.

 

Em abril, o Senar/MS oferece 264 cursos e capacita mais de 3 mil produtores e trabalhadores rurais. Para mais informações, acesse www.senarms.org.br, ligue no 3320-9700, ou entre em contato com o Sindicato Rural do município onde o curso será realizado.

 

Sobre o Sistema Famasul – O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.

 

Famasul

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados