Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
Início / Notícias / Geral
Fonte:
27 de janeiro de 2014
Puccinelli inaugurou fábrica em Bataguassu
Lenira Barbosa

Bataguassu (MS) - Em suas viagens pelo interior, a chegada do governador André Puccinelli aos seus "78 filhos" como ele carinhosamente chama os municípios de Mato Grosso do Sul, a população recebe com festa sua agenda ativa de entrega de obras, e autorização de novas ações nas áreas de habitação, saúde, educação e economia. A celebração teve o local mais do que apropriado.

O governador em solenidade de inauguração da unidade industrial da empresa Regina Festas, a maior do Brasil no segmento de produtos para festas e ao som da Banda

Municipal Ambrósio Lemes, Puccinelli na ocasião oficializou o início das operações da indústria, que possui capacidade para produzir 2 bilhões de unidades anuais, com

produtos como bandejas e pratos laminados para bolos, forminhas para doces, velas de aniversário, talheres e descartáveis plásticos, produtos decorados infantis e

linhas especiais para as marcas Disney, Mattel, Warner e Sanrio. No mercado há 38 anos, a empresa que começou em um espaço de 100 metros quadrados, hoje ocupa

uma área de 22 mil metros quadrados em seu parque de Bataguassu. Com geração de 500 empregos diretos, na maioria mulheres dos assentamentos do município.

     "Esta obra é fruto do empreendedorismo e da visão de futuro destes empresários, que enxergam Bataguassu como um importante centro produtor, por conta de sua

logística e de seu potencial de crescimento. Certas coisas acontecem porque assim tem que ser, e outras precisam que se busque algo para que aconteçam. A diversificação da economia do Estado tem como resultado a adequação das políticas fiscal e tributária do Estado e município, que percebem a importância de atrair e solidificar as indústrias em Mato Grosso do Sul", destacou Puccinelli.

      Para o diretor-presidente da Regina Festas,o parque industrial de Bataguassu é um fôlego para todo o grupo, que há 20 anos é líder de mercado, exportando para

mais de 22 países de todos os continentes. "Nossa indústria é a prova contra a tão falada crise econômica. E é prova de que com trabalho sério é possível expandir,

crescer com sustentabilidade e inaugurar uma nova fase dentro da Regina Festas", comemorou Luiz Henrique Pereira de Almeida.

     O prefeito João Carlos Aquino Lemes lembrou que, em um passado recente, a cidade possuía cinco barracões destinados a atividade industrial, limitando a

capacidade produtiva e a geração de empregos. "Bataguassu é portal de entrada do leste do Estado. Temos uma posição privilegiada e fatores favoráveis que

contribuem na diversificação da economia. Já estamos observando o crescimento acelerado de Três Lagoas, que acaba transbordando para os municípios em entorno,

como Santa Rita do Pardo, Brasilândia e Bataguassu. Nós agradecemos a confiança em instalar a indústria em nosso município", agradeceu o prefeito. 



      Portucel
     O governador visitou as instalações da Regina Festas e antecipou que outras boas notícias poderão vir para Bataguassu. "Até o final deste ano, a [empresa de

celulose] Portucel vai decidir onde irá instalar sua nova fábrica. A decisão está entre o Brasil e o Uruguai. Mas se for no Brasil, com toda certeza a fábrica será instalada

no Mato Grosso do Sul". 

     Puccinelli lembrou que a escolha não será fruto do acaso, mas da convergência dos itens pedidos pelo grupo português. "Temos boa logística, mão-de-obra, qualidade do solo, área disponível e estamos investindo na melhoria da infraestrutura. Este será mais um passo decisivo rumo ao desenvolvimento".

 

 INVESTIMENTOS EM BATAGUASSU: 

O governador André Puccinelli (PDMB) entregou a reforma da Escola Estadual Peri Martins, autorizou elaboração de projeto para obras de saneamento e deu início à construção de 29 casas.

Famílias do programa Vale Renda são beneficiadas em Bataguassu pelo Governo de MS. Andre inaugurou a obra esperada por mais de 50 anos, a contenção de erosão na rodovia MS-395, trecho

Três Lagoas/Bataguassu, localizadas entre os quilômetros 127 e 129, orçadas em quase R$ 5 milhões.  A erosão tinha três mil metros lineares de extensão nos dois lados da rodovia e

profundidade média de quatro metros e atingia mais da metade do pavimento da rodovia MS-395. Ele explica que a intervenção corrigiu o processo erosivo no local e conduziu adequadamente as

águas pluviais da cidade para um ponto estável.

Na área de saneamento, o Executivo reservou o montante de R$ 48.460,48 para a elaboração e execução de um projeto básico para o sistema de esgotamento sanitário da cidade.

O Governo construiu 29 casas para famílias de baixa renda, através do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH/2009). Estado, União e Prefeitura investirão R$ 440.220,00 no residencial localizado no loteamento São Sebastião da Reta.

A implantação desta unidade foi possível graças aos incentivos do governo do Estado, que propiciaram investimento de R$ 20 milhões na parte de infraestrutura, maquinários, equipamentos e sistemas de proteção ambiental. A indústria produz cerca de 2 bilhões de unidades anuais, e inicia suas atividades no Estado gerando mais de 500 empregos diretos, a maioria para mulheres.

 

Compartilhe

0 Comentários

Escrever Comentário



(não será divulgado)







 
© 2009 MS NOTÍCIAS - Todos os direitos reservados